Sinonímia: Cereus flagriformis, Aporocactus flagelliformis, Aporocactus leptophis, Aporocactus flagriformis, Cereus flagelliformis, Cactus flagelliformis, Cereus leptophis
Nomes Populares: Cacto-rabo-de-rato, Rabo-de-rato
Origem: América do Norte, México
Luminosidade: Meia Sombra

O cacto-rabo-de-rato é uma espécie muito ornamental e florífera, que em seu habitat comporta-se como epífita ou rupícola. Ele é originário do México e atualmente é um dos cactos mais populares em cultivo no mundo todo. Apresenta ramos inicialmente eretos, que posteriormente se tornam pendentes. Eles são verdes e cilíndricos, com diâmetro de 2 a 3 cm, recobertos de espinhos de cor cinza claro a acastanhados, que em combinação com o caule, conferem à ramagem um tom cinza azulado ou marrom claro. Floresce na primavera, despontando flores tubulares, grandes, de intensa cor rosa ou vermelha, ao longo dos ramos. As flores são duráveis e o período de florescimento pode durar cerca de dois meses. Os frutos são pequenas bagas ovóides e vermelhas.

O cacto-rabo-de-rato é uma espécie para o plantio em cestas e jardineiras suspensas, assim como jardins verticais em áreas semisombreadas e até mesmo em arranjos de vasinhos de parede. O importante é valorizar o aspecto pendente desta planta. É indicado para áreas onde há pouca disponibilidade de irrigação. Use em jardins rupestres, com inspiração desértica, como um jardim de estilo mexicano por exemplo.
Deve ser cultivado sob meia sombra, pegando o sol da manhã e ou da tardinha. Aprecia substrato bem drenável, arenoso, mas com alguma capacidade de reter umidade, uma receita intermediária de substratos próprios para cactos e epífitas (como orquídeas e bromélias). Irrigue permitindo que o substrato seque bem entre as regas. Este cacto é muito resistente à estiagem. Não tolera frio intenso, de menos que 5°C, assim como geadas. Durante o inverno frio traga o cacto para um área protegida dentro de casa e reduza as regas. Fertilize no período de crescimento, antes e durante a floração.

Multiplica-se por sementes, mas mais facilmente por estacas, cortadas ou destacadas, e postas a cicatrizar por alguns dias antes do plantio. Replante bienalmente e remova ramos descoloridos e velhos desde a base para estimular novos crescimentos. Colha as estacas no início do verão, após o florescimento.

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Disocactus flagelliformis (cacto rabo de rato)

ESGOTADO


Produtos relacionados

Epiphyllum oxypetalum (dama da noite)

Epiphyllum oxypetalum (dama da noite)

A Epiphyllum oxypetalum (também conhecida como Dama da noite) é originária do Sri Lanka. Suas gr..

R$10,00

Sansevieria trifasciata Hahnii (mini espada de São Jorge)

Sansevieria trifasciata Hahnii (mini espada de São Jorge)

A mini espada de São Jorge, Sansevieria trifasciata Hahnii (também conhecida como espadinha d..

R$2,40

Opuntia dillenii

Opuntia dillenii

Opuntia dillenii é um cacto que produz flores e frutos. Pertence a vasta família do gênero Opuntia. ..

R$19,00

Euphorbia tithymaloides (dois amores; sapatinho-dos-jardins)

Euphorbia tithymaloides (dois amores; sapatinho-dos-jardins)

Nomes Populares: Planta-zigue-zague , Sapatinho-dos-jardins , Pedilanto, Dois-irmãos, Sapatinho-de-..

R$14,00

Tillandsia bergeri

Tillandsia bergeri

As flores da Tillandsia bergeri apresentam-se sempre na cor branca e possuem alguns detalhes em lilá..

R$17,00

Pilosocereus pachycladus (cacto azul; facheiro-azul)

Pilosocereus pachycladus (cacto azul; facheiro-azul)

O facheiro, facheiro-azul ou mandacaru-de-facho (Pilosocereus pachycladus) é uma planta do gênero Pi..

R$42,00 R$47,00

Etiquetas: cactos